Quero adotar um gatinho, e agora?

Nós vamos te contar tudo o que você precisa saber!

Todos concordam que filhotinhos são muito fofos, certo? Por isso, é muito fácil deixarmos a emoção falar mais alto e querer levar para casa sem pensar se realmente é a hora de ter um novo membro na família.

Quando pensar em adotar um gatinho (ou qualquer outro animal), é muito importante saber se todos que moram com você estão de acordo com esta decisão.

Caso já tenha outros animais, saber se eles aceitam bem novos moradores, ainda mais se for de outra espécie. Nunca decida por impulso!

Adotar um animal de estimação é uma decisão que deve ser muito bem pensada. Há vários aspectos para levar em consideração.

Graças ao avanço da medicina, a expectativa de vida dos pets aumentou muito, inclusive já tive a oportunidade de atender um gatinho de 20 anos!

Por isso, lembre-se de que adotar (ou comprar) um animal é uma decisão que durará muitos anos. Você e sua família estão preparados para assumir este compromisso a longo prazo?

Outro ponto chave é pensar se você terá condições financeiras de arcar eventuais despesas médicas, além das despesas básicas com alimentação, antipulgas, acessórios, areia sanitária, etc.

Além disso, um gatinho (e qualquer animal de estimação) exige tempo, atenção, carinho e cuidados, independente do quão cansado você chegou em casa depois do trabalho.

Animais de estimação requerem tempo, compromisso e condições financeiras, você já pensou nisso?

Após refletir sobre tudo o que conversamos até agora, vamos iniciar as dicas, principalmente para os gateiros de primeira viagem!

Digamos que finalmente é o dia de buscar o seu novo amiguinho, a sua casa já deve estar preparada para a chegada dele. Vamos fazer um check list para te ajudar, o que não deve faltar inicialmente:

  • Vasilhas de água e alimento
  • Ração de boa qualidade
  • Caixa sanitária
  • Areia higiênica (recomendamos o granulado higiênico BioGato® ou EcoCane® que você encontra no nosso site)
  • Pá higiênica
  • Brinquedinhos
  • Telas de proteção em todas as janelas

Caso a ideia seja comprar um gatinho, minha recomendação é: procure gatis sérios e certificados! Pesquise (MUITO) sobre a raça, pois assim como os cães, cada raça possui comportamentos e exigências diferentes. Por exemplo, enquanto um Persa é super calmo, um Bengal é super ativo.

Importante lembrar de que cada raça possui uma predisposição diferente para certas doenças, por exemplo, Persas podem apresentar problemas renais (rins policísticos) e Maine Coon pode apresentar problemas cardíacos, etc.

Então, após decidir qual raça é a mais adequada para a rotina da sua família, certifique-se de que o gatil realiza exames periódicos nos pais dos filhotes.

Além disso, leve em consideração conhecer o gatil pessoalmente e as matrizes (pai e mãe dos filhotes), assim você terá uma ideia de como os animais são tratados.

Criadores sérios só fornecem filhotes castrados! Caso vocês tenham interesse, podemos fazer uma postagem só sobre isso, mas o nosso foco aqui sempre será incentivar a adoção!

Espero que tenha ajudado a tirar algumas dúvidas e facilitado essa transição de ter um novo membro na família. Em breve, teremos assuntos muito legais por aqui! Fiquem ligados!

20 de abril de 2020

Compartilhar

Sobre a autora

Conheçam a nossa humana que é quem escreve no nosso blog, ela se chama Maiara Scapini Bazotti, é Médica Veterinária formada pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) em 2015. Durante 2016 a 2018, fez residência veterinária no Hospital de Clínicas Veterinárias (HCV) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), na área de clínica médica de pequenos animais, se apaixonando ainda mais pela clínica de felinos. Atualmente, está realizando a pós graduação em clínica e cirurgia de felinos.

@vetmaiarabazotti

Voltar